Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Arrow
Arrow
Slider

Comportamentos Aditivos e Dependência

1 — À Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, abreviadamente designada por DICAD, compete:

a) Assegurar a execução dos programas de intervenção local com vista à redução do consumo de substâncias psicoativas, à prevenção dos comportamentos aditivos e à diminuição das dependências;

b) Colaborar, ao nível da sua área de intervenção geográfica, na definição da estratégia nacional e das políticas com vista à redução do consumo de substâncias psicoativas, à prevenção dos comportamentos aditivos e à diminuição das dependências e na sua avaliação;

c) Planear, coordenar, executar e promover, ao nível da sua área de intervenção geográfica, a avaliação dos programas de prevenção, de tratamento, de redução de riscos, de minimização de danos e de reinserção social;

d) Prestar apoio técnico à execução dos programas e projetos de intervenção local;

e) Assegurar a implementação de procedimentos e meios de recolha de dados, proceder à sua consolidação e enviar ao Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, abreviadamente designado por SICAD, os dados e informações necessárias para prossecução das suas atribuições, e desenvolver estudos sobre as intervenções realizadas na região e elaborar os relatórios de atividades;

f) Emitir pareceres sobre propostas de implementação de projetos regionais apresentados por entidades públicas ou privadas que se candidatem a apoios no âmbito da sua área de intervenção;

g) Promover a realização de diagnósticos das necessidades de intervenção de âmbito regional e local, definir as prioridades e o tipo de intervenção a efetuar e osrecursos a afetar, nomeadamente a projetos e programas cofinanciados, contribuindo para um planeamento nacional sustentado;

h) Avaliar e supervisionar o funcionamento das unidades de intervenção local, prestadoras de cuidados de saúde nesta área, assegurar o planeamento e gestão dos recursos necessários à respetiva atividade e propor a criação de novas unidades ou o seu encerramento;

i) Planear a articulação interinstitucional e incentivar a participação das instituições da comunidade, públicas ou privadas, no desenvolvimento de ações de prevenção, de tratamento, de redução de riscos e minimização de danos e de reinserção social, no âmbito dos programas nacionais promovidos pelo SICAD;

j) Promover, desenvolver e aplicar metodologias de avaliação das diversas ações desenvolvidas ou apoiadas, atualizar diagnósticos, elaborar relatórios e analisar as respetivas conclusões;

k) Colaborar com o SICAD na definição dos requisitos para licenciamento de unidades de prestação de cuidados, nos sectores social e privado e monitorizar o seu cumprimento;

l) Assegurar, ao nível da região, a articulação com o SICAD para o desenvolvimento de programas e projetos.

2 — Compete ainda à DICAD, no âmbito de intervenção regional, proceder à difusão das normas e orientações técnicas e de outros instrumentos de apoio técnico à atividade dos estabelecimentos de saúde, apoiar a sua implementação e monitorizar a sua execução.

Para a prossecução das suas atribuições a Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (DICAD) do Algarve tem os seguintes serviços e unidades de intervenção local:

dicadorganigrama

 

 

Organograma do DICAD

 

Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento – TRATAMENTO – ÁLCOOL E DROGAS

As Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento (ETET) do Barlavento e Sotavento são equipas integradas na Divisão dos comportamentos aditivos e dependências (DICAD) da ARS do Algarve.

  • Têm como missão: As ETET têm como missão o tratamento de indivíduos com dependências de álcool, drogas e jogo.
  • Que tipo de tratamento realizam? O tratamento é realizado em ambulatório e de acordo com as necessidades específicas de cada utente. Em algumas situações o tratamento poderá ser realizado em internamento de curta ou longa duração.
  • Como se constituem: As ETET são equipas multidisciplinares, constituídas por médicos, psicólogos, enfermeiros, técnicos superiores de serviço social, assistentes administrativos e assistentes operacionais.
  • Marcação de consultas: A marcação de consultas poderá ser feita por telefone ou pessoalmente. As consultas são gratuitas.
  • Onde se localizam:

Os responsáveis por estas estruturas e contatos são os que seguidamente se apresentam.

  • Coordenadora da DICAD: Cláudia Maia

email da coordenadora: cmaia@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua Brites de Almeida, n.º 6, 3.º esqº- 8000-234 Faro.

Telefone – 289 889 502; fax. – 289 828 211.

  • Responsável da Unidade de Desabituação do Algarve (UDA): António Camacho

email do responsável: acamacho@arsalgarve.min-saude.pt

Morada: Quatrim Sul, Caxia Postal 260 Z– 8700-260 Moncarapacho.

Telefone – 289 006 870; fax – 289 704 601.

  • Equipa Técnica Especializada (ETE) de Tratamento do Barlavento: Sandra Caixeirinho

email do responsável: scaixeirinho@arsalgarve.min-saude.pt

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax – 282 412 436

Concelhos abrangidos: (concelhos de Silves, Lagoa, Portimão, Lagos, Monchique, Aljezur e Vila do Bispo

  • ETET do Sotavento: Norberto Sousa.

email do responsável: nlsousa@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua de Olivença, 8700-414 Olhão.

Telefone: 289 007 120; fax – 289 701 047.

Concelhos abrangidos: (concelhos de Albufeira, Loulé, S. Brás de Alportel, Faro, Olhão, Tavira, Vila Real de St.º António, Castro Marim e Alcoutim).

  • ETE de Prevenção (ETEP): Margarida Pinto.

email do responsável: mpinto@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua Brites de Almeida, n.º 6, 2.º esqº- 8000-234 Faro.

Telefone: 289 006 990; fax – 289 823 150.

  • ETE de Redução de Riscos e Minimização de Danos (ETERD): António Malta.

email do responsável: amalta@arsalgarve.min-saude.pt.

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax – 282 412 436

  • ETE de Reinserção (ETER): Ana Paula Neto.

email do responsável: apneto@arsalgarve.min-saude.pt.

  • Polo do Sotavento

Morada: Rua de Olivença, 8700-414 Olhão.

Telefone: 289 007 120; fax – 289 701 047

Concelhos abrangidos: (concelhos de Albufeira, Loulé, S. Brás de Alportel, Faro, Olhão, Tavira, Vila Real de St.º António, Castro Marim e Alcoutim).

  • Polo do Barlavento

Morada: Rua Poeta António Aleixo, s/n, 8501-856 Portimão.

Telefone: 282 002 160; fax – 282 412 436

Concelhos abrangidos: (concelhos de Silves, Lagoa, Portimão, Lagos, Monchique, Aljezur e Vila do Bispo.

Documentos úteis:

imagemPortaria n.º 212/2013. D.R. n.º 122, Série I de 2013-06-27 Ministérios das Finanças e da Saúde Primeira alteração aos Estatutos da Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P., aprovados pela Portaria n.º 156/2012, de 22 de maio

imagemRede de Referenciação / Articulação no âmbito dos comportamentos aditivos e das dependências – (documento integral)

imagemFluxograma da Rede de Referenciação / Articulação da Região do Algarve

 EQUIPA TÉCNICA ESPECIALIZADA DE PREVENÇÃO
gaje_siteA Equipa Técnica Especializada de Prevenção (ETEP) é uma das equipas integradas na DICAD. Uma das valências desta equipa é o Gabinete de Atendimento a Jovens e Envolventes (GAJE), que desenvolve a consulta de apoio psicossocial, com as seguintes características:

1- A intervenção enquadra-se no nível de PREVENÇÃO INDICADA (Tipologia de Gordon,1987), na medida em que:

  • Se dirige a indivíduos em risco, com comportamentos disruptivos já comprometedores do bem-estar bio-psico-social. Face ao desequilíbrio diagnosticado, de um modo geral tem como objetivo evitar que o comportamento indesejável assuma um caráter permanente ou mais complexo, intervindo numa fase inicial do problema. Concretiza-se numa intervenção de base individual.

2- Tem como PÚBLICO-ALVO:

  • Adolescentes/jovens com primeiros sinais de consumo de cannabis (ou outras substâncias psicoativas) ou com comportamentos aditivos sem substância (internet, jogo online e offline), adolescentes/jovens com outros comportamentos de risco ou problemáticos de dimensão clínica, com idades entre os 13 e os 21 anos;
  • Familiares ou outros adultos significativos.

3- A INTERVENÇÃO integra:

  • Apoio psicossocial, de cariz individual, desenvolvido por uma equipa multidisciplinar constituída por profissionais de saúde (psicologia, serviço social, enfermagem e outros); Apoio médico, articulando sempre que necessário com médicos das Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento da DICAD;
  • Apoio familiar (e a outros adultos significativos), desenvolvido por profissionais de saúde;
  • Articulação entre as várias entidades implicadas quando necessário;
  • Encaminhamento para Comunidade Terapêutica protocolada quando necessário;

4- Tem como OBJETIVOS:

  • Intervir o mais cedo possível num percurso de consumo, em ciclos de vida cruciais, ajudando o adolescente/jovem a lidar com o problema de consumo e outros associados, no sentido de promover o seu bem-estar bio-psico-social;
  • Evitar e/ou atrasar a idade de um possível início de consumo.

5- Como ACEDER à consulta:

  • Através de marcação prévia para o nº 289 889512, pelo próprio ou familiares ou outros adultos significativos;
  • No caso do encaminhamento para a consulta se efetuar por outras entidades que trabalham com adolescentes/jovens, a marcação pode ser feita para o número atrás referido ou por correio eletrónico, por norma através de uma Ficha de Encaminhamento/Referenciação em vigor, divulgada para o efeito.
  • Para obter esta Ficha de Encaminhamento/Referenciação, ou outros esclarecimentos, a entidade referenciadora pode também contactar para os seguintes endereços eletrónicos:

mpinto@arsalgarve.min-saude.pt (Margarida Pinto, Técnica Superior de Saúde, Responsável pela ETEP)

pimguerreiro@arsalgarve.min-saude.pt (Patrícia Guerreiro, Assistente Técnica)

6- ENTIDADES com que articula:

  • Entidades que trabalham com adolescentes/jovens: Agrupamentos de Escolas, Escolas Profissionais, Comissões de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, Serviços de Assessoria aos Tribunais de Família e Menores, Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, Comissão de Dissuasão da Toxicodependência, Agrupamentos dos Centros de Saúde, Instituto do Emprego e Formação Profissional/Centros de Formação, IPSS’s e outros.

7- LOCAIS onde funciona:

  • FARO (2ª a 6ª feira), na R. Brites de Almeida, nº 6, 2º Esq., 8000-234 Faro
  • PORTIMÃO (3ª e 6ª feira), na R. Poeta António Aleixo, s/n, 8500-856 Portimão

Abertura de concurso Financiamento Projetos que integrem Programas Respostas Integradas

A Administração Regional de Saúde do Algarve, I.P. informa que o Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências (SICAD) publicou a abertura de concursos para financiamento de projetos que integrem o Programa de Respostas Integradas (PRI) do Território de Portimão, com base nos procedimentos da Portaria nº 27/2013, de 24 de janeiro.

Data limite de entrega de candidaturas: 30 de Novembro de 2016

Para mais informações:

Link para os concursos:  http://www.sicad.pt/PT/Concursos_v2/SitePages/detalhe.aspx?itemId=18&lista=FinanciamentosIntervencoes&bkUrl=/BK/Concursos_v2/

 

 

Voltar
Area Cidadão