Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

previous arrow
next arrow
Slider

ARS Algarve IP e Serviço Andaluz de Saúde elaboraram Manual de referência de Boas Práticas em Sustentabilidade no Sector da Saúde

mbp.jpgCom o objetivo de sensibilizar para a importância da adoção de boas práticas ambientais em Sustentabilidade no Sector da Saúde, a Administração Regional de Saúde do Algarve IP e o Serviço Andaluz de Saúde, elaboraram, no âmbito do projeto de cooperação transfronteiriça Portugal – Espanha (POCTEP) 2007-2013, com o apoio da União Europeia – FEDER, um Manual, que se pretende servir de referência nesta área, onde apresentam 117 boas práticas aplicáveis ao serviços de saúde visando a poupança energética, gestão de resíduos, diminuição de emissões para a atmosfera, uso racional dos recursos naturais e dos transportes.

Com o objetivo de sensibilizar para a importância da adoção de boas práticas ambientais em Sustentabilidade no Sector da Saúde, a Administração Regional de Saúde do Algarve IP e o Serviço Andaluz de Saúde, elaboraram, no âmbito do projeto de cooperação transfronteiriça Portugal – Espanha (POCTEP) 2007-2013, com o apoio da União Europeia – FEDER, um Manual, que se pretende servir de referência nesta área, onde apresentam 117 boas práticas aplicáveis ao serviços de saúde visando a poupança energética, gestão de resíduos, diminuição de emissões para a atmosfera, uso racional dos recursos naturais e dos transportes.

Este manual contou com a participação de profissionais e especialistas dos serviços de saúde de ambas as Regiões, que através da partilha de experiências adquiridas com o trabalho desenvolvido nos últimos anos, fizeram a compilação 117 boas práticas, descrevendo-as e organizando-as nas seguintes áreas temáticas: Qualidade do Ar e eficiência energética, Qualidade e disponibilidade da água, Recursos naturais e produção de resíduos e Qualidade de vida das pessoas.

Simultaneamente, em função dos resultados a alcançar e do grau de dificuldade na sua implementação, estas boas práticas são classificadas em quatro níveis: Básico, Avançado, Especializado e Excelente.

Todas as boas práticas apresentadas são aplicáveis no setor da saúde, sendo que umas mais são direcionadas aos cuidados de saúde primários, e outras, aos cuidados em contexto hospitalar.

O Manual integra ainda um questionário de auto-avaliação que pretende ser uma ferramenta útil a todos os gestores de saúde no diagnóstico, planificação, implementação e avaliação do desempenho dos serviços em matéria de sustentabilidade e servir de orientação para a planificação de ações futuras tendo em vista a melhoria contínua.

Consultar:

mbp_banners.jpg

 pdf_64x64.pngManual de Boas Práticas em Sustentabilidade no Sector da Saúde

mbp.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão
id tempus sit id libero venenatis,