Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

previous arrow
next arrow
Slider

Iniciada cooperação transfronteiriça Algarve-Andaluzia no âmbito do Projeto «Janela Aberta»

Realizou-se, no dia 24 de Maio de 2011, em Huelva, a primeira reunião no âmbito da Cooperação Transfronteiriça Algarve-Andaluzia (2007-2013), do projeto «Janela Aberta» da Administração Regional de Saúde do Algarve IP, entre a equipa de profissionais do Algarve e da Andaluzia (Delegación Provincial de Salud de Huelva), visando estabelecer uma partilha e colaboração mais forte nesta área entre as duas regiões.

imagem

Durante a reunião, o responsável pelo projeto, Dr. António Pina, apresentou a experiência da implementação deste projeto, iniciado numa parceria entre a ARS Algarve IP e o IDT IP em 2007 no Algarve, sendo o objectivo desta intervenção oferecer um apoio continuado aos pais, assente no pressuposto de a família ser o primeiro grande suporte afectivo e de aprendizagem social da criança.

De seguida foi realizada uma apresentação dos objetivos tecnológicos da responsabilidade do parceiro tecnológico, a Globalgarve, tendo ainda sido apresentados as propostas e os objectivos considerados prioritários na Região da Andaluzia, de responsabilidade da coordenadora regional andaluza, Dra. Valle Coronado Vázquez.

Seguiu-se um momento de debate entre as partes desta cooperação, tendo sido estabelecido entre os responsáveis técnicos em Saúde Materna, Saúde Infantil e Psicologia a recolha de informação e de conteúdos a divulgar em suportes de papel e digital à comunidade e aos profissionais de saúde, até ao fim do Verão de 2011.

imagem

A ARS Algarve IP e o Servicio Andaluz de Salud integram uma parceria financiada pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal – POCTEP (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), da União Europeia 2007-2013) que tem como objectivo a criação de estruturas de saúde de utilização comum, tanto funcionais como físicas, contemplando a criação de um Observatório de Saúde, cujos principais objectivos são analisar e acompanhar problemas de saúde nas duas regiões e proporcionar formação conjunta e contínua de profissionais de saúde do Algarve e da Andaluzia em áreas como a Obesidade, Cuidados Paliativos, Violência de Género, Gestão Ambiental, Prevalência da Esterilidade, Reabilitação Cardíaca e Detecção Precoce do Cancro.

imagem
Voltar
RSE - Area Cidadão
commodo ultricies Phasellus at risus nec et, pulvinar dolor justo