Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

previous arrow
next arrow
Slider

Site «SAÚDE E VIOLÊNCIA» do Grupo de Trabalho da Violência ao Longo do Ciclo de Vida da ARS Algarve IP já se encontra online

saudeviolencia2.jpgO site «SAÚDE E VIOLÊNCIA» do Grupo de Trabalho da Violência ao Longo do Ciclo de Vida da ARS Algarve IP, um projecto pioneiro que pretende ser «uma ferramenta essencial na luta contra a violência», foi apresentado publicamente a 12 de Maio de 2011, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, às diversas entidades regionais, forças de segurança, autarquias, educação, segurança social, ONG’s e aos responsáveis das diversas unidades de saúde da região.

Destinado a profissionais de saúde, utentes e população em geral, este site tem como principais objectivos informar e sensibilizar para o impacto da violência enquanto problema de saúde bem como fornecer estratégias de actuação perante esta problemática, permitindo a rentabilização de recursos, aumento da eficácia das intervenções e melhoria da acessibilidade aos serviços de saúde.

saudeviolencia1.jpgNo decorrer da sessão, que contou com a participação do Dr. Vasco Prazeres, representante da Direcção Geral da Saúde para esta área,  a Coordenadora do Grupo de Trabalho da Violência ao Longo do Ciclo de Vida da ARS Algarve IP, Dra Daniela Machado, após fazer um breve enquadramento e traçar quais as estratégias de actuação do grupo, destacou a importância deste site «como uma ferramenta inovadora e essencial na medida em que procura chamar a atenção dos profissionais e da população em geral para este fenómeno enquanto grave problema de saúde pública», salientando que «como se encontra na internet tem a vantagem de poder estar em permanente actualização».

Após a apresentação do site e das suas funcionalidades por parte das responsáveis do Grupo, o Dr. Vasco Prazeres, representante da Direcção Geral da Saúde, agradecendo do convite da ARS Algarve IP para estar presente na sessão, elogiou o trabalho desenvolvido pelo Grupo na criação deste site, considerando-o «um excelente instrumento de apoio para quem trabalha nestas áreas, quer dentro quer fora da saúde».

vasco_prazeres.jpgSalientando que cada vez mais se torna necessário entender o fenómeno da violência «de uma outra maneira para intervirmos numa lógica de prevenção», e sendo «este um fenómeno transversal a todos os sectores», o Dr. Vasco Prazeres defendeu que a criação deste site será «uma forma de quebrar as barreiras entre os diferentes sectores, da própria organização do estado, e que vai permitir estabelecer ou facilitar esses mecanismos de articulação preservando as especificidades de cada uma das áreas».

Por outro lado, do ponto de vista dos profissionais de saúde, o Dr. Vasco Prazeres, frisou que esta «nova ferramenta», «permite-nos aprofundar mais aquilo que está a montante da expressão físico-psicologico do mau trato e aí permite-nos desenvolver outro tipo de estratégias de prevenção e simultaneamente ajuda-nos também a perceber que aquilo que está a jusante do tratamento da lesão também diz respeito aos profissionais de saúde e merece um outro tipo de conhecimento que até aqui não temos desenvolvido».

saude_violencia_3.jpgA terminar a sessão, o Presidente da ARS Algarve IP, Dr. Rui Lourenço, aproveitou o momento para elogiar o trabalho desenvolvido pelo Grupo e «o modo como conseguiram colocar no terreno um trabalho tem importante como este» sublinhando «que tem sido um privilegio» trabalhar com esta equipa.

Agradecendo a presença das várias entidades e instituições, o presidente da ARS Algarve IP, sublinhou que «a estratégia contra a violência terá de estar em todas as políticas» e defendeu que «a criação deste site, é um salto extraordinário e uma ferramenta essencial», pois permite «empoderar os profissionais para que de alguma forma saibam identificar situações de violência, mas também sobretudo contribuir para a prevenção e para a implementação conjunta de uma estratégia preventiva».

site_violencia_saude_1.jpgDe referir que o fenómeno da Violência é considerado pela Organização Mundial de Saúde como um grave problema de Saúde Pública, com forte impacto nas populações e elevados custos associados, atingindo dimensões pandémicas, na região do Algarve foi criado, em 2007, o Grupo de Trabalho da Violência ao Longo do Ciclo de Vida da ARS Algarve IP, com a finalidade de estabelecer uma estratégia integrada de intervenção neste fenómeno.

No mesmo ano, a ARS Algarve, IP e o Servicio Andaluz de Salud estabeleceram uma parceria financiada pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal – POCTEP (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), da União Europeia 2007-2013) que teve como objectivo a criação de estruturas de saúde de utilização comum, tanto funcionais como físicas, contemplando a criação de um Observatório de Saúde incluindo áreas como a Violência de Género, sendo que, com este financiamento, o Grupo de Trabalho da Violência ao Longo do Ciclo de Vida desenvolveu este novo site designado «Saúde e Violência».

Consultar: site da Saúde e Violência

saudeviolencia2.jpg
Voltar
RSE - Area Cidadão
Donec dolor Donec accumsan ut venenatis, felis id pulvinar